Feeds:
Posts
Comentários

Rascunho

estrada

Estive ausente deste blog e hoje dediquei alguns minutos lendo histórias que sonhei aqui. Algumas delas eu nem lembrava mais e até duvidei que algum dia tive capacidade de sonhá-las. Talvez tenha perdido a habilidade de sonhar histórias ou talvez eu tenha brigado com o meu escritor interno. Lembro que sempre fui muito exigente com este escritor e muitas vezes classifiquei suas histórias como pouco interessantes. Voltar aqui pode ser um novo começo, após um período sabático. Também pode ser apenas um momento de saudade.

Anúncios

preceQuero sentir a presença de Deus lembrando-me quem sou, o quanto já caminhei e o quanto já consigo amar.
Quero estar desperto em cada momento que minha Alma for tocada.
Quero perceber quais portas da minha percepção serão abertas.
Quero enxergar os pontos a melhorar em mim e que ainda não consigo ver.
Quero construir pontes que me aproxime das pessoas e que eu consiga me doar mais.
Quero ter coragem de pedir ajuda quando me sentir sozinho.
Quero saber quais poesias brotarão na minha vida, que ela seja a própria poesia e que haja poesia na vida de todos os seres.

Grato

gratoEnfim fecha-se o ciclo. O ano termina.
Vários ciclos acompanham o final do ano e eu sinto-me mais forte e com mais sabedoria.
Todos os momentos do ano foram de aprendizado e todas as pessoas com quem estive, ensinaram-me, foram meus mestres de alguma maneira, por isso quero agradecer a todos. Posso ter gostado ou não do aprendizado, pode ter sido tranquilo ou não, mas o importante é que aprendi.
Atravessei portas, atravessei pontes. O que passou, passou. E durou o tempo que durou. O que virá, virá. E será bem vindo.
O presente é um grande presente e estou aqui para saboreá-lo.
Sou grato.

Sonhador

icaro-231x300O pensamento voa ligeiro e o sonhador alça voo, com suas imaginárias asas.
Voando e sonhando,
perdido em labirintos de agradáveis fantasias.
Os pés parecem que se descolam da terra e o sonhador é levado
por sonhos sonhados de olhos abertos,
vendo belas imagens com os olhos da imaginação.
A realidade as vezes aparece e tenta pegá-lo pelo pé,
mas quem faz do sonhar uma profissão,
perde-se a todo momento em um novo sonho, em uma outra dimensão.

Às vezes

religareÀs vezes não cuidamos de fazer a nossa conexão diária com nossa essência.
Às vezes parece que as coisas se desorganizam e nós ficamos também desorganizados.
Às vezes não aceitamos que agimos assim.
Às vezes dizemos que queremos ser completos, mas para isso é preciso aceitar a parte nossa, menos querida e deixar que ela apareça de vez em quando.
Às vezes perdemos o controle sobre o que queremos muito controlar: nós mesmos
Às vezes a vida faz planos que são diferentes dos planos que fazemos.

Intuição

1-rioQuente solidão,
esparramado no chão,
parado, calado, encoberto.
Visão agora enxerga e vê
que do outro lado
ainda está fechado.
A intuição deixa o rio seguir,
enquanto maravilhado,
me perco/encontro de verdade,
na real realidade
da impossível possibilidade.

Leve pensar

experience_by_ivanandreevich-d5impp7Sentado nesse recanto,
me perco em pensamentos e
pouco a pouco me transporto
por vários lugares,
distantes entre si e de mim,
por várias épocas,
perdidas e encontradas na lembrança,
por sons e sabores.
Entre vários achados,
vou me procurando,
numa constante jornada de busca pessoal,
incansável,
com a certeza de um dia,
mais perto de mim,
enfim me encontrar.

%d blogueiros gostam disto: